domingo, 14 de outubro de 2012

COMO DEVO PLANEJAR MEU CASAMENTO? PARTE 1


Nos últimos dias e meses venho recebendo muitos emails de noivas e noivos me relatando que querem se casar porem estão preocupados com o custo e não sabem por onde começar. Afim de ajudar estes casais resolvi escrever este post para esclarecer algumas das principais duvidas.

Sou formada em finanças e trabalho nesta areá a muitos anos então posso garantir com toda a experiência do mundo, não existe formula magica, tudo é uma questão de planejamento e dedicação. Assim como quando vamos comprar uma casa ou carros paramos e analisamos nosso orçamento, em um casamento devemos fazer a mesma coisa.

Nada do que vou escrever aqui é uma regra que deva ser seguida piamente, mais garanto que ira dar um norte para muitos.

Será uma serie de post aonde cada semana vou escrever um pouquinho que ajudara no planejamento do seu casamento.

A primeira coisa a ser feita

Quando um casal decide se casar a primeira coisa a ser feita é conversar, isso mesmo conversar.

Vejo muitos casos de casais aonde um quer se casar e o outro não. Estou com duas amigas que passam por essa situação e pelo contrario do que vocês estão pensando não são elas que querem e sim os noivos kkkk.

Bom...no meu caso, quando meu marido e eu decidimos nos casar foi um estres danado porque havia um conflito de interesses, eu queria realizar um sonho ele dizia que nada daquilo era necessário...mais um casal só dá certo se um respeitar o sonho do outro, compartilhar e apoiar...enfim, conversamos e expus minhas razões. Razões aceitas decidimos marcar a data.

Dois meses depois de marcamos a data do casamento ele ficou desempregado e de certa forma tive que segurar a barra e ir em frete ate que ele pudesse novamente estar participando. Sentei na frente do computador e fiz meu orçamento, no que poderia gastar e quando, planilhado pus minha estrategia financeira em ação.

Contei esta pequena estoria para vocês apenas para poderem ver que nada é impossível quando temos um sonho em uma mão e planejamento na outra.

Começando a Planejar

Para se fazer um bom planejamento e orçamento o ideal é saber o que se quer.

Qual o tipo de festa? Para quantas pessoas?

Muitos casais pensam que devem primeiro procurar igreja, buffet, fornecedores de casamento quando isso é um erro. A primeira providência a ser tomada quando se planeja casar é saber que tipo de casamento se quer e o numero de convidados. É em cima disso que vocês irão ter a base para todas as outras coisas.

Já sabem o tipo de casamento que iram querer? Tradicional, Mini Weding, etc...

Se a resposta foi sim ótimo, hora de fazer a lista de convidados.

Já pensaram em fechar o casamento em uma igreja ou chácara que no final não irá comportar a quantidade de convidados que vocês tem??? Já pensaram em fazer uma festa em um determinado buffet que comporta no máximo 200 pessoas e no dia aparecem 300??? Ira faltar acomodações, comida, bebida, etc...super constrangedor e não pensem que isso não acontece...acontece e muito, ja fui em vários casamento que faltou comida, não por culpa do buffet mais por falta de planejamento dos noivos na hora de se convidar as pessoas.

Por isso fazer a lista neste primeiro momento é super importante para a tomada de todas as outras decisões. 

As vezes temos um numero de convidados em mente e saímos procurando locais, pedindo orçamentos  em cima deste numero. Quando resolvemos colocar no papel a quantidade de pessoas é 50, 70% maior do que imaginávamos...isso é normal de acontecer, aconteceu comigo por isso hoje passo minhas experiências para vocês não caírem no mesmo erro.

obs.: claro que esse numero vai varias um pouco no decorrer dos preparativos mais não sera nada muito significativo e claro a tempo de adequar o que for necessário.

Falando de valores

Cada casal tem seu bugdet (orçamento ou valor a ser gasto) certo? Ainda não??? Então vamos a uma lição simples e que não tem outro jeito para ser feito senão este que vou explicar agora.

Vocês vão se sentar e ver quanto que cada um dispõe ou ira despender por mês, se algum familiar vai ajudar, se vocês já tem alguma reserva. Não se esqueçam que poderão aproveitar também o décimo terceiro e ferias para complementar o orçamento. Lembre-se que a maioria dos fornecedores de casamento exigem que o valor esteja quitado ate a data do casamento, então não façam orçamentos para depois da data pretendida.

Por esse motivo para casais que dispõe de pouco recurso eu incentivo que marquem a data do casamento para no minimo um ano e meio de antecedência, eu indico também que façam um planilha simples colocando mês a mês o valor que vão dispor para gastar, visualizando desta forma fica muito mais fácil colocar o orçamento em pratica.

Pronto fizeram os cálculos e chegaram ao numero final, então é em cima deste numero que deverão trabalhar a partir de agora.

Mais lembre-se para a sua estrategia dar certo vocês terão que ter pulso firme se comprometendo a seguir rigorosamente o orçamento proposto.

No próximo post como colocar este orçamento em pratica.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...