quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

ENTREVISTA COMPLETA

Como informado aqui no blog, foi publicado no dia 24/11 um trecho da minha entrevista cedida ao iG São Paulo.

Achei importante coloca-la aqui no blog na integra pois acho que poderá ajudar algumas de vocês em algumas duvidas que possam vir a ter.


Segue a reportagem completa.


1. Da tempo de casar no ano que vem gastando pouco? Qual a antecedencia minima?
 
Em geral para se casar sem correria eu indicaria uma antecedencia minina de um ano ate por causa da reserva da igreja e locais para a festa que muitas vezes são reservados com esse prazo, mais com certeza quem quer casar no proximo dá tempo sim basta ter um bom planejamento e colocar a mão na massa sem preguiça.

2. Quais são os primeiros passos que o casal deve dar? 
 
Na minha opinião o primeiro passo a ser dado pelo casal é o estudo do orçamento. Deve-se sentar e estudar em detalhes o valor que se tem disponivel e listar todas as despesas que pretende-se ter com o casamento.
 
Eu sempre aconselho que se faça uma planilha de controle para o planejamento de um orçamento e acompanhamento dos gastos.
 
Apos essa fase de estudos e planejamento, quem quer economizar no casamento tem que pesquisar muito por todos os meios possiveis, internet, indicações de amigos e parentes, etc...
 
Tendo essas informações os proximos passos são escolher e marcar a igreja e procurar um local para festa.

3. O que é preciso abrir mão?
 
Não tem jeito, para quem quer gastar pouco no casamento é preciso colocar a mão na massa e fazer diversas coisas por conta propria.
 
As vezes precisamos abri mão de alguns gastos como fazer refeições fora de casa, alguns finais de semana de diversão, etc pois alem de um evento desse consumir um valor consideravel de dinheiro consome muito tempo também.

3. Você diz que não é necessário contratar uma consultoria. O que é possível fazer sozinha e o que é indispensável contratar?
 
No meu casamento meu noivo e eu fizemos 100% das coisas sem ajudar sequer de um parente, atuamos como consultores e executores. Demanda muito tempo e foça de vontade mais vale muito a pena.
 
Claro que tem coisas que não tem jeito, voce tera que contratar alguem para fazer para voce como a decoração e a comida mais ate mesmo essas contratação dá para fazer tranquilamente sem a ajuda de um consultor.
 
Mais também tem varias outras coisinhas que o casal pode fazer como por exemplo os convites, as lembrancinhas, etc. A palavra chave é pesquisa. Eu fiz meu proprio arranjo de cabelo!

4. Quais as principais dicas que você costuma dar as noivas que te procuram?

Elas me pedem muita ajuda com relação ao vestido de noiva. Como é um item que é em geral muito caro elas sempre me pedem ajuda nesse quesito.

Recebo muitos emails também pedindo dicas de decoração e convites


5. Quais foram as principais lições que você tirou do seu casamento?
 
Antes de marcar meu casamento pensei que seria impossivel fazer um casamento gastando menos de 40 mil reais (que era a media que meus amigos gastavam) mais percebi que é totalmente possivel. Com um bom planejamento e determinação consegui fazer algo bonito gastando a metade disso. Por isso a lição que tirei disso tudo foi que não temos que ter preguiça ou arranjar desculpas para não fazer algo que queremos pois se realmente tivermos determinação conseguimos.
 
6. Quanto você acha que é gastar pouco em uma festa de casamento? Poderia dar uma média? 
 
Muitos amigos depois do meu casamento chegaram ate mim dizendo que eu devia ter gastado uma fortuna com meu casamento, e quando digo que gastei apenas 20 mil ficam espantados. Claro que tem como fazer um casamento menor gastando menos que isso, mais para um casamento com 200 convidados realmente muitos acham uma proeza. 
 
Claro que se vc for pensar 20 mil para um casal de baixa renda é muito, dá para comprar um carro, mais quando pensamos em sonho igual diz um comercial "não tem preço". E se você for pensar que esse valor sera pago ao longo dos meses não é tanto assim. Um casal com renda menor pode perfeitamente programar o seu casamento com 30 meses de antecedencia, hoje em dia é possivel.
 
Não tem uma media que podemos dizer que é gastar pouco pois cada casal sabe o que se é possivel fazer ou não com o orçamento que se tem. Alguns não alugam carro outros não fazem lembrancinhas, e assim vai... portanto na minha concepção gastar pouco é fazer um planejamento, saber o orçamento que se tem e gastar dentro desse limite sem estoura-lo.
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...