segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

TRADIÇÕES E CURIOSIDADES SOBRE O CASAMENTO

Deixando um pouco a economia de lado, este blog também é cultura.

Existe alguns rituais durante a realização de um casamento que não sabemos bem o por que e daonde vem. Tradição, superstição? Estarei aqui esclarecendo algumas .


Noiva do lado esquerdo do noivo



A noiva posicionava-se ao lado esquerdo do noivo para que ele ficasse com a mão direita livre para poder utilizar a espada e defender-se de possíveis retaliações e tentativas de resgate por parte dos familiares da noiva que não se conformavam com o rapto.


Entra em casa com a noiva no colo




Manda a tradição que o noivo atravesse a porta de casa com a noiva ao colo...Após o seu rapto, as noivas eram então carregadas em braços pelos seu pretensos noivos. Estes homens contavam com a ajuda de um amigo (padrinho), este vigiava a casa onde estava a vitima sequestrada para evitar um possível ataque por parte dos familiares e consequente libertação da noiva. Embora este costume não se realize os noivos continuam a ser acompanhados por aqueles que testemunham a união conjugal.


Lua de Mel




Quando um homem tomava de assalto uma tribo para roubar a mulher que desejava, escondiam-se então num local secreto e bebiam uma bebida à base de mel durante o período de uma lua. Existe outras teorias que dizem que esta tradição teve inicio com os Cavaleiros Teutonicos (ordem militar cruzada, vinculada à igreja católica). Uma vez casados, os noivos deviam beber uma mistura de agua e mel durante o decorrer de 30 dias (sensivelmente o período que a lua leva a completar as suas quatro fases). Lua-de-mel em si mesma significa um período de prazer que marca o inicio de uma nova vida.


Uma coisa nova, uma coisa velha, uma coisa emprestada e uma coisa azul




Cada uma dessas coisas tem um significado simbólico que não mudou ao longo dos tempos. A coisa velha simboliza o passado, a vida que é deixada para trás. A coisa emprestada simboliza a amizade e o azul a fidelidade, tradição proveniente da antiga Israel onde noivas usavam fita azul como prova da sua fidelidade. A coisa nova simboliza a esperança de que esta nova vida que esta começando, seja cheia de felicidade.


Anel de noivado



Já no antigo testamento podemos ver que era costume pedir a mão da noiva mediante a oferta de um anel de noivado. durante a idade media, em pleno século IX, O Papa Nicolau I impôs a o habito de oferta do anel de noivado como um compromisso para garantir o casamento, o preço do ouro era tão elevado, que pelo simples fato de se oferecer um anel deste metal indicava a intenção de consumar o casamento. Se o compromisso não fosse numa pena que passava por uma coima, tortura e eventualmente seria excomungado.


As Alianças




Esta tradição teve inicio no Egito, durante a III dinastia, 2.000 a.c. A forma circular das alianças representa para os egípcios o infinito, tal como o amor. os gregos adaptaram este costume mas acreditavam também que no dedo anelar existia uma via diretamente ligada ao coração, e chamaram0lhe a veia do amor e por isso o lugar ideal para colocar o anel de casamento. Os romanos também tinham este costume e o mesmo perdurou ate hoje.


O buque da noiva




Esta tradição foi trazida pelos Cruzados. As mulheres muçulmanas, para o dia do seu casamento faziam pequenos ramos de flores de azahar (flor branca que simbolizava a pureza e se dá geralmente em zonas como a da costa mediterranea). Acreditava-se também que o odor das ervas que compunham o ramo afastava os maus espíritos. O noivo devia igualmente levar um pequeno adorno floral composto pelas mesmas ervas do ramo da noiva.


O Véu




O véu era o sibolo da inocência e da virgindade. Em algumas cultura asiáticas o véu utilizava-se para ocultar o rosto da noiva ate ao final da cerimonia apenas depois deste momento, é que o noivo podia levantar o véu e finalmente conhecer a sua noiva, agora mulher. Véu em árabe quer dizer "o que separa duas coisas". O véu da noiva significa separar-se da vida de solteira, para entrar em uma vida nova a de casada.


A tiara




O significado da tiara ou diadema ou ainda do toucador era fazer da noiva uma rainha pelo menos por um dia, diferenciando-a dos convidados. Quanto maior a grinalda, maior é o símbolo de estatus e riqueza


A entrega da noiva




Antigamente a noiva era considerada propriedade dos pais até o momento do casamento. neste momento o pai, entregava a sua filha juntamente com seu dote ao futuro marido, passando a ser propriedade deste. Atualmente a entrega da noiva ao noivo, simboliza a bênção do pai ao casamento da sua filha


A Liga




Antes do Século XV a liga não se retirava da perna, no entanto os convidados masculino corriam atrás da noiva para tentar retira-la. A partir desta altura na França as noivas resolveram tirar elas próprias a liga e lança-la para os convidados a apanhassem sem perseguições


A Marcha Nupcial




Quando a Princesa Victoria da Inglaterra, amante incondicional da musica, casou com o príncipe Frederico Guilherme da Prusia, Victoria escolheu duas peças a apresentar no seu casamento, nomeadamente a Marcha Nupcial de Mendelssohn e a opera Lohengrin de Wagner. Desde então estas duas representam a entrada da noiva na igreja.


O Bolo da Noiva




Na antiga Roma era costume lançar pequenos pasteis chamados conferratios, e que simbolizavam a fertilidade. Posteriormente na Inglaterra no século XVII, era tradição criar uma grande torre com todo tipo de doçaria mesmo por debaixo dos noivo, quanto mais alta fosse a torre, maior seria sua felicidade no casamento. No século XVIII, um cozinheiro francês transformou a torre de doces dos ingleses em bolo com vários andares.


Chuva de Arroz




Tradição oriunda da cultura chinesa, é mais um símbolo de fertilidade, em tempos idos acreditava-se que o arroz trazia aos noivos a felicidade de terem muitos filhos e desta forma ajuda para cuidarem da terra e dos animais.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...